SSGamers - 10 Anos online por você.

Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Adware - Tudo sobre este virus

Weslley_Script
Weslley_Script
SS - Fundador
SS - Fundador


Steam Steam : WeslleySSGames
Zello : WeslleySSGames
Mensagens : 9673
Moedas : 1026526
Data de inscrição : 06/10/2011
Idade : 26
Localização : Brasil

Adware - Tudo sobre este virus Empty Adware - Tudo sobre este virus

Mensagem por Weslley_Script Sex 25 Mar 2022 - 10:10

Tudo sobre adware
É assim que tudo acontece. Você está online com o seu bom e bem comportado navegador, apenas para vê-lo se atirar em um birra virtual, a medida que um ataque devastador de propaganda surge, desliza para a tela pela lateral, ou se sobrepõe e até mesmo redireciona a sua atividade planejada. E não importa o quanto você clique para fechar essas janelas, eles continuam te importunando como moscas em um piquenique.

Esse incômodo fenômeno é o resultado de adwares, abreviação de software suportado por publicidade. E assim como a comida do seu piquenique atrai as pragas que vem em busca dela, o dinheiro — ou a receita gerada por anúncios não solicitados — é o que leva o adware para seu PC ou dispositivo móvel. Abaixo, oferecemos um breve guia sobre o adware, o que é, como você é infectado, o que ele tenta fazer com você, como lidar com ele e o que fazer no futuro para evitar essa irritação.

O que é adware?
Adware é um software indesejado projetado para jogar anúncios em sua tela, na maioria das vezes dentro de um navegador da Web. Alguns profissionais de segurança o enxergam como o precursor moderno do PUP (programa potencialmente indesejado). Normalmente, ele usa um método furtivo para disfarçar-se como legítimo ou se sobrepõe em outro programa para ludibriá-lo a instalá-lo em seu PC, tablet ou dispositivo móvel.

Adware é um software não desejado projetado para jogar anúncios na sua tela.

"Adware é um software não desejado projetado para jogar anúncios na sua tela."

O Adware gera receita para o desenvolvedor exibindo automaticamente anúncios online na interface do usuário do software ou em uma tela que surge na frente do usuário durante o processo de instalação. E é ai que você começa a ver programas duvidosos de perda milagrosa de peso, ofertas para segredos de enriquecimento rápido e alertas falsos de vírus que te atraem para clicar neles. Além disso, você pode ver a abertura de novas abas, uma mudança em sua página inicial, resultados de um mecanismo de pesquisa que você nunca ouviu falar ou mesmo uma redirecionamento para um site NSFW (Do inglês "Not Safe For Work", gíria que, em geral, descreve conteúdo impróprio para menores de 18 anos e para locais públicos/de trabalho).

É importante lembrar que existem softwares legítimos que usam publicidade on-line, com anúncios que geralmente são incluídos no programa e que são exibidos de acordo com o especificado pelo desenvolvedor do programa. O Adware é algo completamente diferente. Você pode baixá-lo sem compreender seu verdadeiro intuito. Ou ele pode adentrar o seu PC por meio de um software legítimo no qual ele está secretamente escondido. Seja qual for o caminho, tudo se resume a algum programa no seu computador mostrando anúncios que não vêm dos sites que você está visitando.

Uma vez que o adware sequestra seu dispositivo, ele pode realizar todos os tipos de tarefas indesejadas. As funções do software podem ser projetadas para analisar sua localização e quais sites você visita e, em seguida, apresentar publicidade relativas aos tipos de produtos ou serviços apresentados neles. Enquanto o adware é mais um aborrecimento incômodo do que uma ameaça de malware prejudicial para sua segurança cibernética, se os criadores do adware venderem seu comportamento e informações de navegação para terceiros, eles podem até usá-lo para direcionar a você mais anúncios personalizados para seus hábitos de visualização. E não importa se você está utilizando Chrome, Firefox ou outros navegadores: Ele irá afetar todos.

Aqui estão alguns sinais indicadores típicos de que você tem adware em seu sistema:

As propagandas aparecem em locais que não deveriam.
A página inicial do seu navegador mudou misteriosamente sem a sua permissão.
As páginas da internet que você normalmente visita não estão sendo exibidas corretamente.
Os links do site redirecionam para sites diferentes do que você esperava.
Seu navegador está lento demais.
Novas barras de ferramentas, extensões ou plugins aparecem de repente em seu navegador.
Seu Mac inicia a instalação automática de software indesejados.
Seu navegador falha.
Como fui infectado com adware?
Há duas maneiras principais pelas quais o adware adentra seu sistema. Na primeira, você baixa um programa — geralmente freeware ou shareware — e ele instala furtivamente o adware sem o seu conhecimento, ou permissão. Isso porque o criador do programa fez um acordo com o fabricante do adware. Por que? Porque a receita gerada pelos anúncios permite que o programa seja oferecido gratuitamente (embora mesmo o software pago de uma fonte não confiável possa fornecer um payload de adware). Então, o adware faz o seu estrago, e o usuário aprende que se paga um preço pelo "grátis".

Há duas maneiras principais pelas quais o adware adentra seu sistema.

"Há duas maneiras principais pelas quais o adware adentra seu sistema."

O segundo método é tão perverso quanto o primeiro. Você está acessando um site. Talvez ele seja um site confiável; talvez ele seja um site desonesto. De qualquer forma, ele pode estar infectado com adware, que tira proveito de uma vulnerabilidade no navegador do usuário para entregar um download do tipo drive-by. Depois de penetrar e se esconder, o adware começa a coletar suas informações, redirecionando você para sites maliciosos e lançando mais propagandas em seu navegador.

Tipos de adware
Dentre todas as formas que o adware tenta escavar dados do seu PC ou outro dispositivo, a maioria das estratégias de adware se qualificam como sequestradores de navegador. Esses intrusos se especializam na modificação das configurações do navegador de internet sem o conhecimento ou o consentimento do usuário. Normalmente, os sequestradores alteram a página inicial e as configurações de pesquisa padrão. Você está tranquilo, navegando, quando de repente os anúncios começam a te abalar. Você naturalmente pode presumir que os anúncios tem origem no site que você está visitando, mas não tem. Mas, como eles aparecem na forma de pop-ups ou pop-unders, eles parecem que estão incorporados no próprio site.

Mais uma vez, existem programas de adware que mudam sua página inicial, seu mecanismo de pesquisa ou até mesmo alteram os atalhos no seu computador que abrem seus navegadores. Há, além disso, adwares diferentes para diferentes dispositivos e sistemas operacionais. Então você pode ter que lidar com adware de dispositivos móveis/Android, adware de Mac ou adware de Windows.

Notícias recentes de adwares
A série Adware, parte 1
Adware vs. fraude de publicidade
O desprezível Adware

História do adware
No começo, que seria por volta de 1995 em diante, os especialistas da indústria consideraram o primeiro software suportado por anúncios como parte da categoria maior de spyware. Pouco depois os profissionais de segurança começaram a diferenciar o adware do spyware como um tipo menos prejudicial de programa potencialmente indesejado. Eles foram até vistos como "legítimos", pelo menos em teoria, porque empresas legais com escritórios e folhas de pagamento reais estavam criando software de adware.

Mas os associados desses negócios legítimos muitas vezes espalharam seu adware sem que sua legitimidade fosse verificada pelo fabricante de adware. Sem verificação, o adware proliferou por todos os meios à sua disposição: sites peer-to-peer, botnets, infecções de mensageiros instantâneos e os sequestradores de navegador mencionados anteriormente.

Com o tempo, os fabricantes de adware começaram a desativar suas afiliadas mal comportadas e emitiram isenções de responsabilidade pelas ações das afiliadas. Este foi um padrão de atividade comum durante os anos de pico de adware, que ocorreu aproximadamente entre 2005 e 2008. Depois disso, as autoridades governamentais começaram a emitir multas altas para esses delitos, o que levou os maiores participantes do mercado de adware a retirar seu código e saírem do mercado. Mais recentemente, os navegadores têm sido mais resistentes ao usar bloqueadores de publicidade, e os plugins adblock estão onipresentes. Embora essas medidas protejam os usuários contra adwares, elas também fazem com que os sites percam receita de anúncios legítimos.

Hoje, embora o adware persista, geralmente ele é novamente visto como uma forma de programa potencialmente indesejado (PUP), que apresenta um nível de ameaça abaixo da categoria de malware. No entanto, o adware está passando por um pequeno renascimento. No momento ele é a maior detecção dentre os consumidores do Malwarebyte, responsável por cerca de 40% das nossas detecções. Uma das razões é que o volume de adware está em ascensão, talvez graças à proliferação de dispositivos móveis e à programação de adware ter encontrando seu caminho para os aplicativos de dispositivos móveis. No entanto, hoje os criadores de adware estão consolidando seu poder. Para manterem-se ativos, eles estão usando técnicas mais agressivas do que o simples sequestro, incluindo se esconderem dentro de Trojans, embutindo-se em componentes de adfraud ou demonstrando capacidade de rootkit, tornando-os difíceis de remover.

Adware é no momento a maior detecção dentre os consumidores do Malwarebyte.

"Adware é no momento a maior detecção dentre os consumidores do Malwarebyte."

Adware de Mac
Já foi o tempo em que usuários de Mac não tinham medo de adware. Por um lado, os Macs possuem um sistema anti-malware embutido chamado XProtect, que faz um bom trabalho na captura de malwares conhecidos. Depois, há o fato de que os criminosos cibernéticos se concentram principalmente em PCs Windows, pois são um alvo mais abundante em comparação com a base instalada de Mac. Mas isso mudou rapidamente nos últimos tempos. De acordo com a contagem do número de novas famílias de malware do Mac que apareceram em 2017, elas aumentaram em mais de 270% em comparação com as de 2016. Adwares específicos para Macs começaram a surgir em 2012; desde então as variantes de adware do Mac proliferaram, desenvolvidas em segredo por hackers e bandidos do crime organizado, bem como por empresas aparentemente legítimas que afirmam vender software de boa-fé com utilidade real. Em última instância, o adware se esconde ficando à vista em letras pequenas em um termo de instalação longo e com letras diminutas. Você sabe, do tipo que ninguém lê. Assim, quando você clica no acordo, você aceita seus termos e voilà, o spam ocorre. Aqueles por trás do adware não estão fazendo nada de ilegal. Pelo menos tecnicamente.

Em geral, o adware para Mac é disseminado dentro de um Trojan, malware que leva o nome do cavalo de Troia da mitologia grega. O Trojan se disfarça como algo que você quer. Talvez um player, ou algum tipo de plug-in. Ele poderia até mesmo esconder-se dentro do download de um software legítimo de um site suspeito. De qualquer forma, ele promete uma coisa, mas fornece um adware em um isca que engana.

No que diz respeito aos sinais que uma infecção do Mac por um adware fornece, elas refletem os sintomas que você vê nos sistemas Windows. Os anúncios aparecem onde eles não deveriam estar—literalmente em todos os lugares. Algo muda sua página inicial sem sequer perguntar se você gostaria. Os sites familiares simplesmente não parecem mais os mesmos, e quando você clica em um link, você é encaminhado para um site completamente diferente. Ele pode até mesmo substituir seu mecanismo de busca tradicional por um novo.

Assim, no fim das contas, os Macs, embora menos vulneráveis do que os computadores Windows, ainda podem ter um problema de segurança com o adware. Abaixo temos mais sobre o que fazer a esse respeito.

Adware de celulares
Não há muito espaço útil na tela de um celular. Então, quando um ícone misterioso aparece na sua tela inicial, ou numerosos anúncios começam a entupir sua barra de notificação, provavelmente você está hospedando um inconveniente adware. Não é uma grande surpresa, já que milhares de aplicativos para Android agora tem a dádiva de te entulhar de ícones e anúncios sem aviso prévio.

Existem dois métodos através dos quais os celulares são contaminados com adware: pelo navegador e por aplicativos baixados.

A infecção pelo navegador refere-se a uma exploit conhecido, causado pela maneira como a maioria dos navegadores lida com redirecionamentos executados pelo código JavaScript. É uma fraqueza que pode causar anúncios pop-ups; e empresas de publicidade sabem sobre isso e como explorá-la. Se o navegador do seu dispositivo móvel estiver comprometido, a melhor maneira de bloquear os pop-ups é usar um navegador diferente, desativar o JavaScript ou instalar um navegador com bloqueio de anúncios. Outra solução para os pop-ups é sair deles usando a tecla Voltar do Android. Ou você pode limpar seu histórico e cache, o que também impedirá que os anúncios voltem.
A infecção por aplicativos baixados refere-se a ser infectado com anúncios persistentes através de aplicativos de adware instalados em um telefone. Eles se apresentam em diferentes formas, de anúncios em tela cheia dentro e fora do aplicativo infectado, às notificações do dispositivo e na tela de bloqueio. Normalmente, uma loja de aplicativos de terceiros instala esse tipo de aplicativo de adware. Portanto, é melhor evitar lojas de aplicativos de terceiros, embora mesmo o Google Play tenha sido uma fonte involuntária de aplicativos infestados de adware. 
Apesar de ser uma praga irritante, fique mais tranquilo com o fato de que tal adware geralmente não é descaradamente malicioso, ameaçando seu dispositivo como o malware faria. Muitos dos aplicativos gratuitos que você baixa em seu telefone geralmente incluem conteúdo de anúncios de terceiros, oferecendo aos desenvolvedores do software uma receita alternativa para que você possa ter seu produto oferecido de forma gratuita. Ainda assim, o adware geralmente não é bom; assim, ao comparar um aplicativo gratuito que enche seu dispositivo com adware e um programa pago que joga justo, considere a melhor escolha para você.

Quem é o alvo dos criadores de adware?
A sabedoria convencional é, as principais vítimas visadas pelo adware são indivíduos, e não as empresas. E ele segue o usuário particular por qualquer caminho que gere uma oportunidade - de PCs Windows e Macs, para celulares e praticamente todos os navegadores. Ele chama a atenção das potenciais vítimas através do modelo "muito bom para ser verdade", oferecendo algo por nada em uma fraude que pode sugerir novos jogos, filmes ou promoções especiais.

As principais vítimas visadas pelo adware são indivíduos.

"As principais vítimas visadas pelo adware são indivíduos."

O que faço se for infectado?
Se você suspeitar que o adware comprometeu o seu Mac ou PC Windows, há algumas etapas que você pode executar para solucionar a infecção. Primeiro, faça regularmente o backup dos seus arquivos. Você pode tentar remover o adware através do utilitário pertinente no seu sistema operacional (ou seja, Adicionar/Remover na plataforma Windows). Mas isso exige que você possa identificar o nome do programa de adware ou que o adware não tenha um Ressuscitador, que são arquivos projetados para recuperar um programa após sua desinstalação.

Se for esse o caso, então baixe um programa legítimo de segurança cibernética, como Malwarebytes for Windows ou Malwarebytes for Mac. Ambos são gratuitos para teste e são projetados para pesquisar e destruir adware, PUPs e quaisquer novas formas de malware que estão esperando para entrar em cena. Execute uma verificação e, se houver alguma coisa ruim escondida em sua máquina, ele irá empacotar, marcar e jogar fora para você. Neste ponto, é uma boa ideia mudar sua senha, não só para o seu PC, mas também do seu e-mail, suas contas em redes sociais, seus sites favoritos de compras e sites financeiros. Se você está buscando uma ferramenta simples de remoção de adware, baixe o Malwarebytes AdwCleaner.  


Como me proteger de adware?
Tenha cautela e pratique a computação segura. Isso significa pensar duas vezes antes de baixar e instalar imediatamente qualquer software novo, especialmente freeware. Leia os termos e condições como se fosse um advogado antes de concordar com eles, e saia do processo de download se alguma coisa cheirar como uma permissão para carregar adware. Evite sites torrent, downloads ilegais e nunca abra um aplicativo de uma fonte desconhecida, mesmo que ele chegue até você com o aval de um contato de e-mail conhecido.

Por fim, mesmo com todas as precauções acima, baixe um programa respeitável de segurança cibernética para o seu PC ou telefone celular. Execute verificações com frequência e mantenha as atualizações, bem, atualizadas. Claro, recomendamos qualquer produto anti-malware da nossa família Malwarebytes, do Malwarebytes for Windows, Malwarebytes for Mac, ao Malwarebytes for Android como uma medida de cautela. Ao armar-se de conhecimento e proteger-se com um programa robusto de segurança cibernética, você pode tomar as medidas necessárias para uma vida online livre de adware.



Adware - Tudo sobre este virus D07Xwqb
Adware - Tudo sobre este virus Yjab9HN

    Data/hora atual: Qua 25 Maio 2022 - 13:48